Imagem capa - Dicas sobre Casamentos ao ar livre em Portugal por Mariana Castanheira
Dicas sobre Casamentos

Dicas sobre Casamentos ao ar livre em Portugal

Gostavam de fazer uma cerimónia ao ar livre? Assim no meio da natureza, no meio de árvores ou mesmo perto do mar?

Ainda que existam muitos espaços que nos surpreendam, não há nada tão incrível como a simples Natureza.

E após alguns anos a fotografar e ter presenciado vários tipos de cerimónia, vou dar-vos umas dicas do que fazer para evitar imprevistos ao casar ao ar livre! 

Aqui vai:


1. Decidam o budget que querem investir

Esta é a primeira sugestão que faço sempre aos noivos. Seja um casamento mais simples ao ar livre ou um boho chic, isso é definido pelo budget que vocês decidem investir na decoração. E a verdade, e eu sou grande apologista disso, que quanto mais simples mais bonito. Sugiro sempre em pensarem mais no que vocês realmente gostam, e não irem tanto na onda das quintas pré-feitas com tudo pré-feito para vos facilitar. Façam algo que vos defina, que seja a vossa cara, algo que seja realmente único. Vão sentir-se num local que por sua vez parecia estranho, num sitio que se tornou especial porque foi pensado por vocês.


2. Expectativa não é realidade

Por muito que idealizem, o vosso dia será sempre diferente porque o que é natural nunca pode ser totalmente planeado. É sempre bom ter uma timeline, ter uma ideia geral de tudo o que vai acontecer e quando, no entanto não se preocupem tanto se vai acontecer realmente assim ou não. Haverão sempre situações que não acontecem e outras que surpreendentemente irão acontecer e vocês ficarão ainda mais contentes. Acima de tudo, o dia serão vocês que o fazem e a maneira como o vivem. 


3. Escolha da data (é super importante para casamentos ao ar livre!)

- Secalhar vão achar logo que vos vou dizer para casar no verão para evitar a chuva certo? Mas é exactamente o contrário. O que sugiro é realmente a Primavera e o Outono. Tanto o Verão como o Inverno não são alturas do ano que recomendo para casamentos ao ar livre e vou explicar porquê. Se querem aproveitar bem o espaço ao ar livre, não convém que esteja nem muito frio nem muito calor. Vão cumprimentar muitos convidados, vão querer aproveitar o bom tempo e o exterior, por isso o ideal será temperaturas amenas para aproveitarem o vosso casamento ao ar livre até  escurecer e até quem sabe, mesmo à noite! No caso de optarem por casar no Verão, tenham atenção a locais com sombra. Já tive em casamentos que metade dos convidados se levantou das cadeiras durante a cerimonia pois estava tanto calor que não se podia estar à torra do sol. Foi tudo para debaixo de árvores para se abrigar de tanto calor que estava. Até eu apanhei tanto calor, foi sem dúvida dos casamentos mais cansativos exactamente porque demasiado calor sem sombras não foi um ponto pensado, até o bolo derreteu todo antes do corte. Por isso aproveito para vos alertar e terem em atenção estes pequenos pormenores. Casar ao ar livre no verão? Sim, mas só com muitas sombras!!


4. O que ter em consideração na escolha do local ao ar livre

Seja debaixo de uma árvore, numa quinta cheia de natureza, numa floresta em Sintra, num terraço, numa montanha, numa praia... Seja qualquer o sítio que escolham para casar ao ar livre, nunca se esqueçam de que todos estes sítios por serem ao ar livre já têm por si só um enorme encanto. A natureza por si só já é muito poderosa! Locais que não são tão comuns realizar a cerimonia do casamento ao ar livre, é importante verificarem autorizações e tudo o que acontece por lá na época em que querem casar. Ou seja, caso seja numa praia ou perto dela, confirmem se é uma zona turística e se vai ter muitas pessoas curiosas e confusão desnecessária. O sitio onde os vossos convidados estarão antes da cerimonia, logo assim que chegam, confirmem se terão conforto enquanto esperam pelo momento da cerimonia. Outra questão muito importante e que raramente é pensada, é como estará a luz do sol no momento da cerimonia. Tentem compor o local da cerimonia de forma a que não tenham o sol estampado em cima da cabeça e da cara. Tentem que o sol fique atrás da cerimonia, em contra luz, para que todos consigam ver bem todo o momento da cerimonia de forma agradável.


5. Hora da cerimonia

Para os madrugadores, a manhã é sempre tão boa para casar mas a verdade é que pouca gente escolhe esta altura do dia. E porque não? Se gostam de acordar cedo e começar bem o dia, porque não casar às 11h da manhã? Têm todo o dia para aproveitar o exterior e a noite não chega tão rápido! Parece sempre que o dia é maior. Um dos casamentos que mais gostei de fotografar, foi quase todo realizado durante o dia. As fotografias ficaram incriveis porque realmente a luz natural para fotografar é sempre muito muito melhor. No entanto, estou sempre preparada para fotografar à noite com todo o meu material necessário de iluminação e estou preparada para qualquer iluminação que seja.


6. Tenha um plano B para um Casamento ao ar livre

Pensar a duplicar pode ser cansativo, mas valerá a pena quando percebemos que nenhum imprevisto estragou algo que seja. Estar preparado e precaver, é só um passo para que tudo corra bem. O pior pesadelo das noivas é se chove, então vamos pensar num plano B, caso realmente chova. Vou contar uma história de um casamento em que chuviscou o tempo todo e cerca de 1 hora antes da cerimonia, estavam todos preocupados se haveriam de avançar com o exterior como sempre quiseram ou se optavam por um interior decidido à ultima da hora, sem graça nenhuma porque não foi de todo planeado. Poucos momentos antes da hora da cerimonia, decidiram realizar no exterior e digo-vos que foi uma das melhores decisões da vida deles. Se chuviscou? Sim, chuviscou. Se as fotografias ficaram incríveis? Ficaram demais!! Se todos gostaram? Todos adoraram!! Se preferiam um sol imenso? Secalhar não, secalhar preferiram exactamente como aconteceu. Deixar acontecer e nao pensar muito, às vezes é o melhor a fazer. Planear e pensar e precaver é antes do dia do casamento, pensar com antecedência, verificar e confirmar detalhes é tudo antes. Agora no dia? No dia é desfrutar e aproveitar o dia como ele realmente será e tirar melhor partido de tudo o que irá acontecer. Pensem no vosso dia como algo que gostariam que fosse e o resto acontece sozinho. Acredito muito que se pensarem assim, vão ficar mais contentes com o resultado do que imaginam.